Resiliência no trabalho: qual a importância ao atuar na área do Direito?

  • 22/mar/2019

Resiliência no trabalho: qual a importância ao atuar na área do Direito?

Persistir mesmo em meio às adversidades é uma qualidade que poucos têm. Mudanças rápidas, situações complicadas e fases ruins chegam sempre, mas é só a capacidade de manter-se firme que permite a superação. A resiliência no trabalho é imprescindível, especialmente no Direito.

A atuação colocará ao profissional uma série de desafios no cotidiano jurídico. No entanto, só quem tem essa qualidade pode lidar com cada uma dessas situações com serenidade e foco. Ao fim de cada momento difícil, prevalece a satisfação de ter resistido e trabalhado para conquistar os resultados esperados!

Neste post, você entenderá melhor como essa característica pode ajudar o profissional do Direito no dia a dia da sua profissão. Veja como a resiliência é importante e saiba como desenvolvê-la!

Entenda a importância da resiliência no Direito

O Direito é um segmento que exige um alto nível de resiliência no trabalho. Os desafios da profissão são constantes, especialmente em casos complexos, em que o advogado precisa se superar. As dificuldades existirão, então, saber encará-las é a chave para o sucesso. Veja como essa característica impacta positivamente o profissional.

Superar as dificuldades do cotidiano

Assim como em qualquer outra área, o Direito tem seus momentos difíceis e os desafios da atuação. Em algumas fases, eles serão maiores, mais desgastantes e mais assustadores. Pode até ser que eles vençam em algum momento, mas é fundamental se manter firme e consciente da necessidade de seguir em frente.

Para cada obstáculo da atuação no Direito, mais força é necessária, ainda que os resultados esperados não sejam alcançados. Até mesmo em períodos de estudos para concursos, por exemplo, é importante exercer a resiliência. Só isso garantirá que os objetivos estejam cada vez mais próximos de ser alcançados.

Transformar erros e derrotas em aprendizados

Nem sempre será possível ser bem-sucedido no Direito. Um advogado precisa estar pronto para qualquer desafio, dando o máximo de si, mas isso não é nenhuma garantia. Casos não conquistados, falhas na atuação profissional e falta de expertise em algumas situações vão acabar acontecendo, então é preciso saber lidar com o revés.

De qualquer erro, é possível tirar algo de positivo. Inclusive, essa é uma das premissas principais da resiliência no trabalho. Detectar o que não foi bem executado é o primeiro passo para trabalhar em cima dessas falhas. O profissional do Direito deve ter em mente que cada momento como esse deve ajudá-lo a construir experiência.

Solucionar situações complexas

Um olhar de alguém resiliente permite uma visão além do que a situação oferece no momento. Ninguém contrata um profissional esperando apenas que ele solucione questões simples. A exigência em momentos estressantes é alta, e o sucesso diante deles depende de enxergar além das dificuldades, com o espírito de persistência.

O profissional resiliente vai além quando é necessário que ele supere seus próprios esforços. Isso faz com que ele jamais veja os fatores difíceis como impeditivos para realizar o seu trabalho. Casos de alta complexidade, por exemplo, são vistos com uma ótica consciente, avaliando como podem ser solucionados.

Controlar melhor as emoções

Perdas, dificuldades, resultados ruins, pressão, grandes responsabilidades e uma série de outras situações podem afetar o equilíbrio emocional. A resiliência no trabalho é indispensável para saber lidar com todas essas situações sem deixar que elas tenham impacto na saúde mental. Esse é um dos pontos mais importantes!

Nem sempre a capacidade técnica do profissional de Direito é suficiente para ter bons resultados. A frieza e o controle das emoções têm impacto direto na forma como ele lida com seus casos e com os desafios em busca de novas oportunidades. O equilíbrio emocional é crucial, e só o resiliente está pronto para obtê-lo.

Saiba como reforçar essa característica

Trabalhar para reforçar a resiliência no trabalho permitirá ter destaque no Direito. Até aqui, você viu como essas características capacitam o profissional a lidar com diferentes situações e ter sucesso. A seguir, confira quais exercícios, aprendizados e posturas devem ser adotados para se tornar uma pessoa mais resiliente.

Trabalhe para desenvolver inteligência emocional

A inteligência emocional é a capacidade de controlar sentimentos e emoções, de modo que eles não impactem o desempenho profissional. Ajuda psicológica é importante, e o acompanhamento a longo prazo permite lidar melhor com essas reações. Assim, a atuação no Direito será fria e com embasamento técnico.

Busque o autoconhecimento

Saber mais sobre si próprio é o primeiro passo para adquirir características emocionais e psicológicas importantes. Tire um tempo para avaliar suas atitudes e como você tem reagido às situações desafiantes. Pense em como pode lidar melhor com esses momentos. Esse exercício permitirá entender como superar as adversidades.

Mantenha uma postura positiva

A positividade tem muito mais importância do que a maioria das pessoas consegue entender. Sem ela, a resiliência no trabalho simplesmente não existe. Pode ser difícil se manter firme diante dos desafios se você não tem um pensamento positivo. Exerça a autoconfiança, enxergue as possibilidades e, assim, você estará pronto.

Lide com as críticas

Críticas são importantes para o desenvolvimento. No ambiente profissional, elas serão comuns em algum momento. Tudo depende da maneira como são recebidas: se você encara de modo pessoal, só tende a se desmotivar. Observe o que foi apontado e trabalhe na melhoria. Isso fortalece e capacita para a superação!

Reforce seu conhecimento no Direito

Um profissional capacitado está sempre pronto para exercer a resiliência no trabalho. A autoconfiança é chave para ter uma atuação de sucesso em situações difíceis, e ela só vem por meio dos estudos. Atualize seus conhecimentos, busque complementos e nunca se dê por satisfeito. Só assim você se sentirá capacitado.

A busca pela resiliência no trabalho é um exercício cotidiano que todo profissional do direito precisa exercer. No dia a dia, observe seu comportamento e coloque em prática cada uma dessas dicas. Com o tempo, você estará fortalecido e pronto para reagir com inteligência e capacidade em cada momento de dificuldade e desafio!

A gestão de conflitos é uma área do Direito que exige bastante resiliência, além de capacitação. Saiba mais sobre essa atuação e entenda quais são as melhores práticas exigidas!

 




New Call-to-action


Guia Prático: baixe grátis

Nossos Apps

Nossas Redes Sociais