Afinal, existe hora certa para fazer pós-graduação? Descubra aqui!

  • 05/fev/2019

Afinal, existe hora certa para fazer pós-graduação? Descubra aqui!

Acertar o momento de fazer pós-graduação será uma vantagem importante para ter sucesso profissional. Afinal, com o aumento da quantidade de faculdades de Direito e do número de advogados, o curso superior já não é mais uma ferramenta para se destacar.

Na verdade, o diploma é apenas o requisito para entrar no mercado. Uma vez inserido, o profissional precisa tomar outras decisões inteligentes para ser reconhecido, prestar um serviço qualificado e chamar a atenção de clientes e empregadores. Você já refletiu sobre isso?

A seguir, explicaremos por que o momento de iniciar uma pós-graduação é agora. Continue a leitura e receba dicas relevantes para construir uma carreira bem-sucedida!

A importância da pós-graduação no mercado profissional

A pós-graduação pode ser a saída para crescer em um mercado tão concorrido como o do Direito. Entre os benefícios da especialização, encontramos as seguintes vantagens competitivas:

Ser reconhecido como especialista

Como é possível notar no dia a dia, o pós-graduado deixa o conjunto em que está a maioria dos profissionais e se torna um especialista em Direito Tributário, Comercial, Civil ou consumerista, por exemplo. Trata-se, inclusive, de uma das poucas informações que podem constar do material de divulgação do advogado.

Diversificar o campo de atuação

A especialização pode significar também a qualificação para um novo ramo de atuação. A diversificação é fundamental porque os segmentos jurídicos podem convergir muito bem na prática. Por exemplo, enquanto na faculdade Direito do Trabalho e Direito Comercial são matérias separadas, em uma consultoria empresarial, pode ser útil conhecer ambas as áreas.

Melhorar o retorno financeiro

Uma das formas de buscar o aumento de receitas é melhorar o valor entregue para clientes e empregadores. No caso da prestação de serviços, o acréscimo de valor ocorre pela qualificação das atividades com certificados, conhecimento e experiência, porque é isso que permitirá a solução de problemas com maior percentual de êxito e menores custos.

Receber melhores oportunidades de trabalho

Ao se destacar dos demais, o pós-graduado naturalmente terá acesso a novas oportunidades. Muitas vezes, empregadores e clientes já saem dispostos a procurar um especialista, principalmente diante de questões complexas e de riscos financeiros. Prevalece o impulso de defesa nesses casos.

Além disso, algumas pós-graduações habilitam o profissional a atuar em funções específicas, criando novas oportunidades. É o caso dos cursos de mediação de conflitos e gestão pública.

Manter-se atualizado

Um último uso da pós-graduação é se manter em dia com as leis e teses jurídicas mais atuais. Só para citar alguns exemplos, recentemente tivemos a edição da Reforma Trabalhista, do Novo Código de Processo Civil, do Estatuto da Pessoa com Deficiência, todas normas com forte impacto na prática jurídica.

O melhor momento para fazer pós-graduação

Três coisas tornam a pós-graduação — mesmo para quem já tem uma especialização — uma urgência para os profissionais do Direito: as mudanças na legislação, a atuação do poder judiciário e a forte concorrência no mercado jurídico.

O primeiro ponto diz respeito tanto às mudanças já realizadas como à possibilidade de alterações em um futuro próximo. Afinal, além dos exemplos citados, discute-se o Novo Código de Processo Penal e a Reforma da Previdência.

Logo, se você atua em uma área já afetada ou que pode sofrer mudanças, é preciso se preparar. Pode ser uma boa escolha usar a especialização para ocupar os espaços deixados pelos profissionais que não se capacitaram e ficaram defasados.

Já o segundo ponto diz respeito ao crescimento das teses jurídicas favoráveis à participação do judiciário na construção do Direito, ocupando espaço daquelas que exigem uma atuação mais contida.

Isso, fazendo uma apreciação exclusivamente de mercado, permite que os advogados identifiquem oportunidades e obtenham novas causas. No entanto, somente quem estiver atento ao que há de mais atual em cada área se beneficiará do momento.

Por fim, temos o crescimento do quadro de advogados. Segundo dados da OAB, são mais de 1 milhão de profissionais com registro ativo. O número, que, por si só, já é impressionante, não contempla os milhares de bacharéis que ainda não foram aprovados no Exame da Ordem. Logo, o diploma de curso superior já não é mais um diferencial.

Os benefícios de fazer a pós-graduação imediatamente

Os motivos para não deixar a pós-graduação em segundo plano se traduzem em benefícios concretos. Ao entender o momento em que vivemos e iniciar a especialização, o profissional sairá na frente em muitos aspectos e aproveitará as diversas oportunidades existentes. Confira uma lista com os principais ganhos:

Acompanhar o timing de mercado

Vivemos em um cenário de mudanças e novas oportunidades, graças às alterações em leis, teses e, até certo ponto, pela incorporação da tecnologia. Especializar-se agora significa estar capacitado para aproveitar o momento e ver diversas portas se abrirem.

Sair à frente de outras pessoas

Termos, nesse sentido, a oportunidade de ocupar espaços, quer seja nos novos segmentos, quer seja nos pontos deixados pelos profissionais defasados.

Preparar-se para as mudanças

Podemos utilizar o curso também como uma forma de antecipar as mudanças legislativas, porque as possíveis alterações no Direito serão projetadas e debatidas nos cursos.

Fazer uma análise de carreira

Estamos no momento ideal para avaliar o caminho seguido e, se for caso, realizar mudanças. No futuro, as portas para trocar de segmento ou incorporar novos serviços podem não estar tão disponíveis.

Conseguir se dedicar

Colocar a pós-graduação em segundo plano significa gradualmente dificultar a conciliação entre trabalho e estudo. Primeiro, porque a tendência é que as demandas se acumulem e, segundo, porque, à medida que o tempo passa, fica cada vez mais difícil retomar os estudos e acompanhar o ritmo.

Vale ressaltar, no entanto, que todos esses benefícios exigem a realização de um curso de qualidade. Sem uma instituição de boa reputação e conhecedora do mercado, tanto o aprendizado como o reconhecimento do certificado serão prejudicados.

Sendo assim, agora que você já entendeu a importância de fazer pós-graduação imediatamente, procure uma especialização que atenda às suas expectativas e abra novas portas.

Gostou do conteúdo? Então, confira também o nosso texto sobre 6 dicas para empreender no Direito e entenda como aproveitar as oportunidades de mercado!

 




New Call-to-action


Guia Prático: baixe grátis

Nossos Apps

Nossas Redes Sociais